Notícias

Ação conjunta entre MP e PM termina com 7 presos e cerca de 10 quilos de entorpecentes apreendidos

Na manhã desta quinta-feira, 11, mais de 30 policiais militares, em apoio ao Ministério Público, cumpriram 3 mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Criminal de Paranaguá. A ação teve como base, várias denúncias repassadas ao 181, o Narcodenúncia da Secretaria Estadual de Segurança e foram investigadas pelo Serviço de Inteligência do 9º BPM.

ALVOS
A operação policial, que contou com equipes da ROTAM – Rondas Ostensivas Tático Móvel, ROCAM – Rondas Ostensivas com o Apoio de Motocicletas e do próprio Serviço de Inteligência, tinha como alvo, 3 residências, apontadas nas denúncias como locais de grande movimentação relacionada ao tráfico e comercialização de entorpecentes.

01
No primeiro alvo abordado, uma casa na Rua do Porto, na Vila Marinho, os policiais apreenderam, 26 gramas de crack, 5 gramas de cocaína e maços de cigarros contrabandeados. No imóvel, as equipes encontraram um balança de precisão e cerca de R$ 600,00. Um motor de barco, e uma televisão, que segundo o proprietário da residência, foram deixados no local como garantia pelo pagamento de entorpecentes, também foram apreendidos. Equipamentos de som automotivo e caixas amplificadas, sem origem de procedência também foram encontrados no imóvel. Diante do material e do entorpecente apreendido, Ademir Castro dos Santos, de 38 anos, recebeu voz de prisão e foi o primeiro a ser encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil.

02
Outro imóvel apontado nas denúncias e que também era alvo dos mandados de busca e apreensão emitidos pelo Ministério Público, foi abordado pelos policiais. Na casa, na Estrada Velha dos Correias, na Vila Paranaguá, 8 pessoas foram encontradas. Em um dos quartos da residência, estava um casal. Com Miguel Rosário de Lima, de 48 anos, os policiais apreenderam, durante a revista pessoal, dois invólucros plásticos com 55 gramas de crack, 25 gramas de maconha e 11 gramas de cocaína. Dentro do guarda-roupas, no mesmo cômodo, foi encontrada uma sacola plástica com R$ 4.700,00. Em outro quarto da casa, onde estava o filho do casal, Gabriel Damásio, de 20 anos e a namorada, um jovem de 19, foram localizados em uma gaveta, 19 gramas de crack, 22 gramas de maconha e 4 gramas de cocaína, e na prateleira do mesmo móvel a quantia de R$ 1.715,00. Durante buscas no interior do imóvel, foram apreendidos vários aparelhos celulares, de origem desconhecida, um notebook e um tablet.

MONITORAMENTO
Várias câmeras de vigilância, monitoravam a casa e o acesso ao imóvel, todo o sistema também foi apreendido.
Miguel Rosário de Lima, de 48 anos e seu filho, Gabriel Damásio, de 20, que assumiram a propriedade do entorpecente e do material encontrado, receberam voz de prisão e também foram encaminhados para o plantão da 1ª SDP.

03
Já no Jardim Iguaçu, os policiais militares abordaram o terceiro alvo da operação, um imóvel, na Rua das Castanheiras. No mesmo terreno, 3 casas, em uma delas, um casal foi abordado, Lorival Bueno dos Santos, de 46 anos e sua mulher, identificada como Márcia Matilde Cardoso, de 41 anos, com ela, escondidas em suas roupas, os policiais encontraram 7 gramas de pasta base de cocaína, e 2 gramas de crack.

Durante as buscas no interior das casas foram encontradas uma sacola com 500 gramas de maconha, 20 gramas de pasta base de cocaína e 100 gramas de crack. Em um dos quartos, os policiais apreenderam R$ 25.950,00 e uma balança de precisão.

Com Jonielton Barbosa de Oliveira Costa, de 28 anos e Marcos Henrique Cardoso da Silva, de 21, que estavam em uma das casas abordadas, os policiais encontraram mais de 8 quilos de maconha, uma balança de precisão e diversas embalagens vazias para drogas.

ARMAS
Foram encontradas ainda, duas espingardas, possivelmente furtadas de uma chácara na cidade de Morretes, no último dia 3 de outubro. Diante dos fatos, Lorival Bueno dos Santos, de 46 anos, proprietário do imóvel, sua esposa, Márcia Matilde Cardoso, de 41 anos, e Jonielton Barbosa de Oliveira Costa, de 28 anos e Marcos Henrique Cardoso da Silva, de 21, receberam voz de prisão e foram encaminhados, com todo o material e entorpecentes apreendidos para a Delegacia da Policia Civil.