Notícias

Acreditem ou não! Neto invade a casa dos avós em Matinhos, eles foram amordaçados durante assalto

Por volta das 21h de quinta-feira, 9, Policiais Militares de Matinhos foram acionados na Rua E, no balneário de Praia Grande, no endereço indicado, um casal de idosos foi vítima de roubo.De acordo com as vítimas, dois assaltantes, encapuzados e armados com facas, invadiram o quintal da residência e anunciaram o roubo. Agindo com bastante violência, eles chegaram a colocar a faca no pescoço do homem de 62 anos. O casal foi amordaçado e coberto com um lençol. Os criminosos colaram fita adesiva na boca e nos braços das vítimas, que foram colocadas em um cômodo da casa. Depois de recolher vários objetos da casa, a dupla fugiu. Assim que conseguiram se soltar, as vítimas avisaram a policia e repassaram uma informação importante.

Antes de deixar a residência, um dos indivíduos que invadiu o local, foi até o cômodo onde as vítimas estavam e pediu desculpas pela ação. Ele disse que estava devendo em uma biqueira, ponto de venda de entorpecentes, e por isso praticou o crime, já que o traficante, “responsável” pelo ponto, iria mata-lo, caso não pagasse a divida. As vítimas reconheceram o rapaz pela voz, e confirmaram se tratar do neto, Matheus Felipe Cordeiro Rodrigues, de 20 anos, morador em Pontal do Paraná.

Durante patrulhamento pela região aonde o roubo aconteceu, uma equipe da Policia Militar avistou o carro das vítimas que também foi levado pelos criminosos, um CITROEN/XSARA, de cor vermelha, parado em frente de uma residência na Rua Moreira Sales. Ao abordar o veiculo, os policiais encontraram Matheus, que relatou que o comparsa, que também participou do roubo, estava dentro da casa. As equipes entraram no imóvel e encontraram Igor Marinho Rodrigues de Mello, de 19 anos, morador em São José dos Pinhais, com ele uma mulher, de 23 anos, que disse ser a companheira do dono do imóvel, que fugiu pelos fundos.

Dentro da casa, além dos objetos roubados momentos antes, os policiais encontraram outros produtos de origem duvidosa. Uma central de monitoramento, com várias câmeras, também foi encontrada dentro do imóvel. O sistema registrava toda a movimentação na rua.

Tanto Matheus, quanto Igor, relataram que são usuários e que estariam na casa entregando os produtos roubados para quitar uma divida de drogas e que o responsável pelo local, teria fugido. A jovem, que estava na casa, disse que não sabia da origem dos produtos. Diante dos fatos e do material apreendido, todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia da Policia Civil de Matinhos, aonde os dois rapazes presos, foram reconhecidos pelas vítimas. As providencias cabíveis foram adotadas.

 

Fonte: Folha do Litoral News.