Notícias

Babados e Tititis:’O Outro Lado do Paraíso’: Nádia pede para criar neto negro. ‘Amo esse bebê’

Nádia (Eliane Giardini) será outra personagem a se redimir na novela “O Outro Lado do Paraíso“. Racista durante a maior parte da trama das nove, a mãe de Bruno (Caio Paduan) e Diego (Arthur Aguiar) fica em choque ao ver que o filho de seu caçula com Karina (Malu Rodrigues) nasceu negro. Mas, depois de ser provado que o bebê realmente é herdeiro do geólogo, a ex-mulher de Gustavo (Luis Melo) fica apegada ao neto e se oferece para criá-lo pelos pais. As informações estão previstas para irem ao ar na primeira semana de abril.

NÁDIA INCENTIVA KARINA A ESTUDAR

Segundo informações do colunista Daniel Castro, o processo de aceitação de Nádia com Marquinhos será gradativa e, no começo, ela o chama de “intruso”. Mas, na ausência de Karina, a preconceituosa passa a ficar cada vez mais próxima da criança. O afeto dela pelo bebê ficará evidente quando Diego, que já passou por uma separação com Melissa (Gabriela Mustafá), anuncia que irá terminar o casamento e Karina, por sua vez, informa que voltará a morar com os pais para terminar os estudos: ela fica desesperada com a possibilidade de ficar longe do neto. “Você vai voltar a estudar, Karina, vai ter a maior parte do tempo tomado. Até porque, pelo que entendi, vai ter que fazer o supletivo. É linda sua vontade de mudar de vida. Crescer. Vocês não acham que é lindo?”, diz, nervosa e com segundas intenções, a namorada de Odair (Felipe Titto), com quem passa a morar junto.

‘QUE IMPORTÂNCIA TEM A COR, BRUNO? É MEU NETO’

Suspeitando das palavras gentis da matriarca, o delegado de Palmas a questiona: “Mãe, diz logo o que cê quer. Tá com jeito que vai pedir alguma coisa”. “Se você quiser, Karina, eu posso cuidar do bebê”, sugere Nádia. Assustada com o pedido, a ex-prostituta pergunta se ela realmente deseja ficar com o menino, mas Marquinhos chora e Nádia a interrompe, sem respondê-la. “Vou subir, o coitadinho deve estar com fome. Ou sujo. Até agora você não trocou uma fralda dele”, fala, em tom de crítica. Ao encontrar o herdeiro de Diego, ela o tenta acalmá-lo. “Fica aqui com a vovó, que a vovó cuida de você. Marquinhos, Marquinhos”, fala de forma delicada, para espanto de Bruno. “Então, cê quer ficar com o bebê. Até pouco tempo cê chamava ele de intruso. Qual é agora?”, pergunta ele, e Nádia se explica, emocionada: “Eu… Me apeguei ao Marquinhos. Não, não quero me separar dele. Entenda, eu já amo esse bebê”. “Mas sempre foi tão racista, dona Nádia. Notou que esse bebê é negro?”, continua a questionar, de forma irônica, o delegado que já a expulsou por destratar sua namorada. “Eu nunca fui racista. Que importância tem a cor, Bruno, do que está falando? É meu neto. Eu amo meu neto”, se defende a ex do juiz.

KARINA ENTREGA O FILHO PARA NÁDIA CRIAR

Com a chegada dos pais de Karina para buscá-la em Palmas, Nádia é firme ao defender a permanência do neto Marquinhos em sua casa. “Vamos botar os pingos nos is. Essa aí é uma inútil. Incapaz de cuidar de uma criança. Até agora não trocou uma fralda dele. Eu levo o garoto para meu salão de beleza, dou atenção o dia todo”, conta. A família da garota propõe colocar o bebê na creche para a mãe poder trabalhar, mas Nádia rejeita: “A Karina não tem leite, mas a Suzy (Ellen Rocche), uma amiga minha, teve filho recentemente. Dá de mamar ao Marquinhos. Deixem a guarda do garoto com o Diego. Mas eu cuido dele. Estamos acertados. Amanhã assinamos o divórcio e definimos a guarda”. Karina, então, concorda com o acordo e deixa a cidade.

(Por Carol Borges)

 

Fonte:Purepeople