Notícias

Câmara Itinerante: Eufrasina deseja ter rede estadual de ensino na comunidade

A segunda edição da Câmara Itinerante, realizada na sexta-feira (14),na sede da Igreja Assembleia de Deus, em Eufrasina, foi marcada por lembranças da comunidade pesqueira ao saudoso ex-prefeito de Paranaguá Mario Manoel das Dores Roque, o qual é tido, até hoje, como o responsável por inúmeras benfeitorias que existem na região. No entanto, apesar das boas lembranças do passado, segundo os moradores, o progresso deixou de existir na Ilha de Eufrasina, motivo pelo qual a ida dos vereadores de Paranaguá até a localidade foi bastante comemorada e elogiada.

De acordo com os ilhéus, o principal problema enfrentado por aqueles que vivem na Ilha de Eufrasina é a inexistência do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e Médio na região, situação que obriga muitos jovens a abandonar os estudos precocemente. “Muitos dos nossos jovens estão sem ir à escola porque os pais não têm condição de deixar os filhos em Paranaguá ou enviá-los para a Ilha do Teixeira, onde há uma escola da rede estadual. Por isso, clamamos para que as autoridades resolvam esta situação para nós e permitam que as nossas crianças possam concluir seus estudos”, pediu a merendeira da escola municipal de Eufrasina, a dona Zenair Miranda Machado.

Além de inexistir uma escola da rede estadual em Eufrasina, desde os tempos da administração do ex-prefeito Mario Roque a localidade deixou de ter o transporte marítimo regular. Diante disso, a população que compareceu na audiência pública aproveitou a ocasião para questionar os vereadores a este respeito. “Queremos crer que com a presença do filho do Roque na prefeitura voltemos a ter a vida que tínhamos na época do Vermelho”, disse o morador local,o senhor Laudelino Policarpo.

Devido a região ser repleta de trilhas de difícil acesso, a comunidade sugeriu que os vereadores reforcem os pedidos, junto às secretarias da administração municipal, por melhorias no acesso interno da ilha, tornando os lugares mais iluminados e com calçadas e escadarias. Outra solicitação feita no evento aos vereadores foi a possibilidade do atendimento médico ocorrer na região, pois, de acordo com os insulanos de Eufrasina, qualquer pessoas com problema de saúde, ou que esteja passando mal, precisa enfrentar mais de uma hora de barco até Paranaguá para se consultar”, lembrou o morador Gilmar Salvador.

De posse de todas as reivindicações, os vereadores prometem fazer trabalho intensopara que a população seja atendida. Assim como aconteceu na Ilha do Mel, um relatório será elaborado e encaminhado para a comunidade em algumas semanas contendo as respostas aos pedidos feitos na audiência pública. “A Câmara Itinerante tem por objetivo aproximar o Poder Legislativo daquela população que vive nas regiões mais afastadas da cidade, para que elas tenham a certeza de que estão sendo representadas pela Câmara Municipal, a qual trabalha, unida, para melhorar a vida de todos os parnanguaras”, declarou o presidente Marcus Antonio Elias Roque.

Participaram da reunião em Eufrasina os vereadores: Sargento Orlei, Nóbrega, Jaime da Saúde, Gilson Marcondes, Fábio Santos, Tucanos, Nilo, Marquinhos Roque. O vereador Ratinho esteve representado pela assessora parlamentar Morena Maia.

  

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Paranaguá.