Notícias

Dicas de Saúde:Está se sentindo cansada? Veja dicas para melhorar seu bem-estar

O final do ano está aí e é normal nessa época do ano bater o cansaço.

Uma boa solução pode ser tirar férias. Mas, se você acabou de tirar férias, ou está sempre se sentido cansada, esse cansaço pode estar relacionado com outras causas.

Nós nos expressamos por meio de nosso corpo, e é justamente nele que se soma todo o estresse físico e mental. O cansaço é a debilitação das suas forças, causando fraqueza em um ou mais músculos do corpo. O cansaço pode ser provocado por diversos motivos, desde noites mal dormidas até falta de vitaminas ou problemas psicológicos.

O que pode causar esse cansaço?

Anemia

A anemia pode causar cansaço, sono, desânimo, queda de cabelos e até mesmo falta de ar. Nas mulheres, é um fenômeno mais recorrente durante a menstruação, quando a perda de sangue aumenta o déficit de ferro no organismo.

Depressão

Vigor abaixo de zero é um traço de quem sofre com depressão. Apesar de ser uma doença de origem psíquica, a depressão acaba com a disposição física. Nela, ocorre um processo inflamatório dentro dos neurônios que atrapalha seu funcionamento, e isso acaba gerando o cansaço.

Problemas com a Tireoide

Os hormônios tireoidianos são vitais para manter o metabolismo aceso. Uma característica comum entre o hipertireoidismo, quando a tireoide trabalha demais, e o hipotireoidismo, situação em que a glândula fica lenta, é a apatia total. O coração bate muito rápido e o indivíduo se queixa de cansaço extremo.

Infecções

Seja naquela gripe passageira, seja em um quadro mais severo, como a hepatite, a pessoa fica enfraquecida, em maior ou menor grau. É que o organismo concentra suas forças na luta contra o agente infeccioso, daí o esgotamento da pessoa.

Falta de Vitamina D

Estudos atuais revelam que a baixa dosagem de vitamina D no sangue é uma das prováveis causas do cansaço excessivo e sensação de desânimo. A dosagem de vitamina D no sangue é feita em laboratório e deve ficar acima de 40 mg/dl. Se a exposição do sol não for suficiente é preciso fazer a suplementação de vitamina D.

Dietas Restritivas

Eliminar de maneira radical grande quantidade de alimentos ou fazer dietas da moda que cortam de maneira exagerada certos grupos alimentares podem gerar déficits nutricionais.O carboidrato, por exemplo, nos dá glicose, que é um combustível importante para o corpo e sem ele a sensação de esgotamento é mais frequente, tornando as queixas de cansaço e falta de energia mais comuns após as duas primeiras semanas de restrição.

Ansiedade

ansiedade e o estresse são sem sombra de dúvidas males da vida moderna e a queixa mais frequente é a de acordar cansado. O estresse libera quantidades altas de cortisol e adrenalina, hormônios que em altas doses prejudicam o funcionamento dos neurotransmissores, deixando os indivíduos ansiosos, com dificuldade de concentração e no sono. O tratamento nesse caso é praticar uma atividade física prazerosa, que alivie as tensões, e em casos extremos a recomendação é a de uso de medicamentos.

Outras causas

  • Problemas com o sono (insônia, poucas horas dormidas, sono de má qualidade e sono agitado)
  • Excesso de atividades físicas geram cansaço e fadiga muscular
  • Má alimentação. A alimentação incorreta pode deixar o organismo com falta de importantes vitaminasmineraise macronutrientes fundamentais para o processo de energia do corpo.
  • Mau funcionamento do intestino
  • Gastar energia com coisas sem importância
  • Ser muito sedentário, se movimentar pouco também causa cansaço
  • Várias condições e doenças específicas; é sempre importante consultar um médico

O que fazer para melhorar o cansaço?

  • Procure relaxar e dormir bem. Uma simples boa noite de sonoé geralmente o remédio perfeito para revigorar as energias.
  • Faça uma alimentação balanceada e procure distribuir bem as suas refeições ao longo dia. Procure evitar a ingestão de cafeínae bebidas alcoólicas perto da hora de dormir.
  • Acrescente as atividades físicasaos poucos em sua rotina diária e depois aumente a duração e a intensidade dos exercícios lentamente. Procure começar com 10 minutos de atividades físicas por dia e mantenha uma regularidade. Andar ajudará a manter uma boa forma e, consequentemente você ficará menos vulnerável ao cansaço.
  • Para quem não quer se cansar, um conselho: beba água. Manter o corpo abastecido de líquidos pode ser uma tática de sucesso. Se a pessoa não se hidratar, as células vão extrair a água da circulação. O sangue se torna mais denso e a absorção da energia também vai ser dificultada.
  • Atenuar o estresseé fundamental para fugir da indisposição. E nada melhor do que fazer aquilo de que se gosta para chacoalhar a rotina. As atividades prazerosas são estimulantes para o cérebro e para o corpo. Enfim, evitam que a gente enferruje.
  • Se você se sente fraco e cansado, pode ser que isso esteja ocorrendo por falta de vitaminas e minerais.Veja se a suplementação é uma boa idéia para você.
  • Se a fadiga não vai embora, o importante é procurar auxílio de um médico. Ele poderá pedir exames como hemograma, teste de glicemia, dosagem hormonal e outros mais específicos, como o eletrocardiograma e o teste de função hepática, que ajudam a identificar o que está prejudicando a disposição.

Fonte:Beleza e Saúde