Notícias

Eleições 2018: Prazo para o eleitor requerer o voto em trânsito termina no dia 23 de agosto

Nesta semana o nosso departamento de jornalismo está realizando uma série de reportagens sobre as eleições 2018. Hoje o assunto será voto em trânsito.

Para ter acesso a esse direito (o voto em trânsito) nas eleições deste ano o eleitor deve se cadastrar em qualquer cartório eleitoral até o dia 23 de agosto. Basta apresentar um documento de identificação oficial com foto e indicar o local onde pretende votar.

Para falar sobre o assunto, o nosso departamento de jornalismo conversou Sérgio Paulo Kawka, Chefe do Cartório Eleitoral de Paranaguá, que explica agora o que é o voto em trânsito, acompanhe:

 

Para poder votar em trânsito é preciso estar com a situação eleitoral regular. É importante lembrar que ao se cadastrar o eleitor fica impedido de votar na sessão original do seu domicílio eleitoral.

Sérgio Paulo Kawka, Chefe do Cartório Eleitoral de Paranaguá, lembra ainda que no dia 7 de outubro, dia da eleição, o eleitor que não estiver em Paranaguá deve justificar seu voto em qualquer seção eleitoral no estado onde vota:

 

Se o eleitor estiver em trânsito dentro do estado que é seu domicílio eleitoral poderá votar para todos os cargos. Se estiver fora do seu estado, poderá votar apenas para presidente da República.

Ainda não existem sessões de voto em trânsito no exterior. Por isso, quem estiver fora do Brasil no dia da eleição deverá justificar sua ausência em até 60 dias após as eleições em qualquer cartório eleitoral ou em até 30 dias depois do retorno ao Brasil.