Notícias

Venda de álcool líquido não será proibida a partir do dia 29

O Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF1) esclareceu nesta sexta-feira que o processo que proíbe a venda do álcool líquido com graduação maior que 54° Gay Lusac (GL) ainda está sendo julgado e, portanto, o prazo estabelecido para o recolhimento do produto não é válido. Segundo informação da assessoria de imprensa do TRF1, estão sendo julgados os embargos de declaração do julgamento da apelação de um recurso da Associação dos Produtores de Álcool. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sustenta que, mesmo depois da declaração do Tribunal, nada muda, porque o embargo não tem efeito suspensivo e que dia 29 de janeiro o álcool líquido com graduação maior que 54° GL não deve mais estar nas prateleiras do comércio. 
Fonte: site “Bem Paraná”